CACOAL: COBRANÇA DA TAXA DE LIXO ESTÁ SUSPENSA ATÉ DIA 27 SEM RISCO DE CORTES

A cobrança da tarifa sobre os serviços de coleta e destinação do lixo está suspensa em Cacoal até o dia 27 de fevereiro pelo Decreto nº 6.709/PMC/2018. Ao anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (9) pela prefeita Glaucione Rodrigues em entrevista coletiva, onde falou sobre o índice de contas que tiveram erro de valores e quais medidas serão tomadas para solucionar o problema. Acompanhada por vereadores e secretários municipais, Glaucione Rodrigues anunciou a projeção de arrecadação com a nova tarifa, que vai ficar em torno de R$ 300 mil/mês, ainda insuficientes para cobrir os gastos com os serviços do lixo, em torno de R$ 500 mil/mês.

Em razão das proporções de falsas notícias que se criou em torno de erros do sistema de cálculo da tarifa cobrada pelos serviços de coleta do lixo, a administração municipal resolveu suspender a emissão de contas de água com os valores embutidos para que todas as medidas de correção precisa sejam tomadas.

Pelos números apresentados pela administração municipal, Cacoal tem cadastrados aproximadamente 27,5 mil consumidores que recebem conta de água, sendo cerca de 24 mil ativos. Nesta primeira etapa foram emitidas 2 mil contas de água já com a taxa do lixo, destas, menos de 150 tiveram problemas de valores calculados erroneamente.

Com a decisão da prefeita de suspender a emissão da taxa do lixo até o dia 27, todas as cobranças de juros e multas também estão suspensas, da mesma forma que não há risco de corte no fornecimento do serviço de água por falta de pagamento, especificamente sobre estas contas. As pessoas que já pagaram contas de água e que os valores não estejam corretos, será feito ressarcimento nas próximas contas de água, de forma que não haja prejuízos à população.

A prefeita reafirmou na coletiva que a falha no sistema, que é de uma empresa terceirizada, não significa má intenção e que jamais vai admitir durante o seu mandato que a população seja lesada. Todas as medidas, como explicou Glaucione Rodrigues, são em respeito à população de Cacoal.

Comentários Facebook
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA